Alana Bley: Alice in Chains – Sea of Sorrow (guitar cover)

Alana ainda está procurando uma banda para tocar. Será que não tem nenhum marmanjo querendo tocar com uma gatinha dessas?

– Curtam nossa pagina no Facebook;
– Nos circulem no Google+;
– Nos sigam no twitter

Anúncios

Alana Bley – Summertime (Janis Joplin Cover)

Pra quem acha que mulher bonita não gosta de rock e não toca bem algum instrumento, olhe a musa do Faroffa.com mostrando o que sabe

Bela música, bela escolha, bela musa =)

Curtam nossa pagina no Facebook e sigam

Friday on the rock: Motorhead – “Bomber”

 

Bomber é o terceiro disco de estúdio do motorhead, lançado em 27 de outubro de 1979. O álbum ficou em 12° lugar nas paradas britânicas e contém clássicos como “Bomber”, “Dead Men Tell No Tales” and “Stone Dead Forever”.

Durante a gravação deste álbum, o produtor Jimmy Miller estava cada vez mais sob a influência de heroína, a ponto de desaparecer do estúdio e depois ser encontrado dormindo no volante de seu carro. Ironicamente, o álbum apresenta uma música anti-heroína que é “Dead Men Tell No Tales”

Este álbum mostra um Lemmy mais feroz, pegando pesado contra a polícia em “Lawman”, falando sobre casamento e como seu pai deixou ele e sua mãe em “Poison”, a televisão em “Talking Head” e no show business em “All the Aces”. A faixa título “Bomber” foi inspirada no romance de Len Deighton. Em uma faixa, “Step Down”, “Fast” Eddie Clarke é o destaque nos vocais.

O single de “Bomber” foi lançado em 23 de novembro de 1979, um mês antes do álbum,. Inicialmente foram prensados 20.000 discos em vinil azul que foram vendidos rapidamente e foi substituído pelo vinil preto. O álbum foi lançado em 27 de outubro de 1979 e, como o single, foi inicialmente prensado em vinil azul.

A capa do álbum apresenta uma arte feita pelo artista Adrian Chesterman, que também foi responsável pela criação de arte da capa para, entre outros, Chris Rea no álbum “Road To Hell”.

A reedição em CD duplo foi lançada em junho de 2005, para coincidir com a turnê do 30º aniversário da banda.

Faixas:

Dead Men Tell No Tales

Lawman

Sweet Revenge

Sharpshooter

Poison

Stone Dead Forever

All the Aces

Step Down

Talking Head

Bomber

Curtam nossa pagina no Facebook e sigam

Friday on the rock – Slayer

Daigo Oliva / G1

Foto: Daigo Oliva / G1

Depois de muitos anos de espera, esse que vos escreve teve novamente a oportunidade de ir a um dos melhores shows de metal do mundo: Slayer!

A primeira (e até então ultima) vez que vi o show deles foi no saudoso Monsters of Rock de 1998, onde eles foram os headliners. Ontem (09/06/2011), 13 anos depois, pude comprovar que a banda teve uma boa evolução, mostrando nos discos e nos palcos que é uma das melhores bandas de thrash metal do mundo.

A banda de abertura foi a Korzus, mostrando um som rápido, forte, impactante e muito vigoroso, provando que foi a escolha certa para fazer o aquecimento do show principal. Infelizmente eles tiveram pouco tempo para mostrarem tudo que sabia já que a apresentação durou cerca de 30 min apenas, porém fizeram um show matador mostrando pro público que não só os gringos sabem fazer e tocar rock.

Já o Slayer dispensa muitos comentários. Tanto que no final do solo de War Ensemble, o som que saía para o público “deu pau”, ficando provavelmente apenas no retorno da banda. Quando  Tom percebeu o ocorrido e ao invés de pararem a música, ele instigou o público a terminar a música cantando com Dave Lombardo destruindo na bateria. EU achei a atitude da banda muito foda (no sentido de bom rs)! No mais, o Slayer de sempre, Kerry King tocando muito, como sempre, Gary Holt mostrando que é um substituto a altura de Jeff (apesar que EU senti falta dos solos do Jeff, não curti muito os solos que o Gary fazia), Tom cantando muito alto para poder “competir” com a plateia que cantava com todas as forças do pulmões, e Dave detonando a bateria mostrando que ele é o cara pro Slayer.

Resumindo: um show foda, mostrando como se toca Thrash Metal. Na minha opnião, os shows do Big Four teriam que ter o Slayer como headliner e não o Metallica. Mas aí é uma questão de opnião…

Kerry King detonando em São Paulo

Foto: Daigo Oliva / G1

Veja o setlist do show:

Continuar lendo

Friday on the “Hard” Rock

Virgin Steele – Love is Pain

Guns N’ Roses – Welcome To The Jungle

Motley Crue – Kickstart My Heart

The Cult – Fire Woman

Saigon Kick – Hostile Youth

Skid Row – Slave to the Grind

Sigam @blogdafarofa e curtam nossa pagina no Facebook

Friday on the rock

Robert Plant – Big Log

Silverchair – Israel’s Son

Megadeth – A Secret Place

Metallica – Whiskey In The Jar

Motley Crue – Girls, Girls, Girls

Ultraje a Rigor – Eu Gosto de Mulher

Sigam @blogdafarofa e curtam nossa pagina no Facebook

Friday on the rock

Quiet Riot – Cum on Feel the Noize

Def Leppard – Bringin’ On The Heartbreak

Heart – Crazy On You

Alice Cooper – Hey Stoopid

Santana – Soul Sacrifice

Sigam @blogdafarofa e curtam nossa pagina no Facebook

Rage Against the Machine no colégio

Essa banda deve ser o orgulho do colégio. Desafio a verem o vídeo sem baterem cabeça.

They Rally Round Tha Family! With A Pocket Full Of Shells \m/

Sigam @blogdafarofa e curtam nossa pagina no Facebook

Friday on the Rock

Dream Theater – Forsaken

Jethro Tull – Aqualung (Live)

Ozzy Osbourne – Perry Mason

Kiss – 2000 man

 

Agradecimentos para os colaboradores de hoje: @DjCanaan, @NicholasGuigo, @rafaelcanaan e @andregalo13

Sigam @blogdafarofa e curtam nossa pagina no Facebook