Friday on the Rock – Dia do Rock 2012

Dia mundial do Rock

E cá estamos nós com mais um dia mundial do Rock. Já fiz um post de homenagem, já fiz um de desabafo e hoje estou apenas comemorando a data novamente =)

No Friday de hoje, ao invés de clipes colocarei alguns shows/vídeos completos. Caso algum saia do ar ou queiram dar opiniões para os próximos vídeos do Friday on the Rocks (ou até mesmo do Monday Animator hehe), é só deixar um comentário ok?

Long Live Rock ‘n Roll para todos! Continuar lendo

Anúncios

Friday on the Rock

Se as segundas temos os Monday Animators para começarmos bem a semana, o Friday on the Rock é para sair do trampo já no pique do final de semana.

Faço das palavras de Jimmy Matanza as minhas:

Matanza – O Chamado do Bar

Hellacopters – Toys and Flavors

Wolfmother – Woman/Love Train

Gamma Ray – Rebellion in Dreamland

Onslaught – Destroyer Of Worlds

Exodus – Bonded By Blood

Kreator – From Flood Into Fire

Megadeth – Whose Life (Is It Anyways?)

– Curtam nossa pagina no Facebook;
– Nos circulem no Google+;
– Nos sigam no twitter
– Sigam nosso Tumblr;

Alana Bley: Alice in Chains – Sea of Sorrow (guitar cover)

Alana ainda está procurando uma banda para tocar. Será que não tem nenhum marmanjo querendo tocar com uma gatinha dessas?

– Curtam nossa pagina no Facebook;
– Nos circulem no Google+;
– Nos sigam no twitter

Alana Bley: Alice in Chains – Junkhead (Guitar Cover)

Olha nossa musa mostrando mais uma vez que sabe.

E ela está procurando uma banda. Quem sabe ela não toca com vc? 😉

Curtam nossa pagina no Facebook e sigam

Alana Bley – Summertime (Janis Joplin Cover)

Pra quem acha que mulher bonita não gosta de rock e não toca bem algum instrumento, olhe a musa do Faroffa.com mostrando o que sabe

Bela música, bela escolha, bela musa =)

Curtam nossa pagina no Facebook e sigam

Happy happy Hallowen

Feliz dia das bruxas!

“Like the good old Charlie Brown
You think Linus could be right
The kids will say it’s just a stupid lie”

Curtam nossa pagina no Facebook e sigam

Friday on the rock: Motorhead – “Bomber”

 

Bomber é o terceiro disco de estúdio do motorhead, lançado em 27 de outubro de 1979. O álbum ficou em 12° lugar nas paradas britânicas e contém clássicos como “Bomber”, “Dead Men Tell No Tales” and “Stone Dead Forever”.

Durante a gravação deste álbum, o produtor Jimmy Miller estava cada vez mais sob a influência de heroína, a ponto de desaparecer do estúdio e depois ser encontrado dormindo no volante de seu carro. Ironicamente, o álbum apresenta uma música anti-heroína que é “Dead Men Tell No Tales”

Este álbum mostra um Lemmy mais feroz, pegando pesado contra a polícia em “Lawman”, falando sobre casamento e como seu pai deixou ele e sua mãe em “Poison”, a televisão em “Talking Head” e no show business em “All the Aces”. A faixa título “Bomber” foi inspirada no romance de Len Deighton. Em uma faixa, “Step Down”, “Fast” Eddie Clarke é o destaque nos vocais.

O single de “Bomber” foi lançado em 23 de novembro de 1979, um mês antes do álbum,. Inicialmente foram prensados 20.000 discos em vinil azul que foram vendidos rapidamente e foi substituído pelo vinil preto. O álbum foi lançado em 27 de outubro de 1979 e, como o single, foi inicialmente prensado em vinil azul.

A capa do álbum apresenta uma arte feita pelo artista Adrian Chesterman, que também foi responsável pela criação de arte da capa para, entre outros, Chris Rea no álbum “Road To Hell”.

A reedição em CD duplo foi lançada em junho de 2005, para coincidir com a turnê do 30º aniversário da banda.

Faixas:

Dead Men Tell No Tales

Lawman

Sweet Revenge

Sharpshooter

Poison

Stone Dead Forever

All the Aces

Step Down

Talking Head

Bomber

Curtam nossa pagina no Facebook e sigam

Videogame de domingo – Guitar Hero

Não é atoa que Guitar Hero é um dos meus jogos favoritos…

Curtam nossa pagina no Facebook e sigam

Dia mundial do ROCK – 2011

No dia mundial do Rock, pensei em fazer uma homenagem a esse grande estilo, não apenas musical, mas também de vida. Estilo que mudou a música e a vida de vários milhões de pessoas.

Me lembro de quando criança, apesar da pouca idade (e falta de personalidade musical rs) já tinha contato com o rock ‘n roll. Mesmo não entendendo bem do que se tratava, já tinha simpatia pelo Kiss que tinha a lenda de que matavam pintinhos pisoteados no palco, com o clip de Epic do Faith no More passando no finado Clip Trip da TV Gazeta, Guns ‘n Roses  e Lobão tomando vaias no Rock in Rio, do Hollywood (“Hollybomba” para os íntimos rs) com seus comerciais e o Hollywood Rock.

Mas fui realmente envolvido pela magia do rock com o clássico Rock ‘n Roll Racing. Ouvir Highway Star e Paranoid me fizeram dar atenção pra musica de um modo que isso influenciou muito em minha vida. Não só no meu estilo de vida mas também em meus círculos de amizade. Conheci muita gente e lugares bacanas, fui a vários shows ( que eu contei até agora foram 36, deverá ser 38 com o Judas e o Whitesnake em setembro \m/) que me divertiram muito. Algumas semanas atrás estava na casa do meu primo e passamos uma tarde conversando e bebendo junto com o cunhado dele, num papo muito animado sobre nossos gostos e amores pelo rock.

Infelizmente tem pessoas que se dizem do rock sem ser verdade. Na minha adolescência rock ‘n roll, lembro que o negócio era ser rock ‘n roll, “roqueiro”, “headbanger”, “metaleiro”, ir nos shows e fazer isso:

rock'n xota!

Metal e "muié" porra!

A galera toda de preto, bebendo, conversando, gritando o nome da banda de modo másculo e viril, cantando as músicas e comentando das bandas que gostam e descobrindo outras bandas por indicações de pessoas que nunca viram na vida e dificilmente verão novamente.

Ae me vem umas porras e me inventam um tal do happy rock, rock colorido e derivados viadísticos que só queimam o filme e irá fazer futuros adultos com vergonha do seu passado bichístico como isso:

Mãe, sou gay e amo coraçõeszinhos

Happy Rock de CU É ROLA!

E, agora sim, começo minha homenagem ao rock ‘n roll mostrando para essa nova geração que ainda num fala fino e diz que ama o merda do Fiuk e do Pe Lanza uma coisa: Vocês ainda tem salvação!

Clique abaixo para iniciar a aula:

Continuar lendo